Gearbox

Gearbox
Criado :
29-07-2022

Você conhece o interno da sua GearBox?

Se sua resposta for não, vamos te explicar sobre do que é composto a sua gearbox e caso você já saiba, vamos rever mais uma vez?
Como sabemos todo equipamento de airsoft que funcione por meio de bateria possui uma caixa de engrenagens responsável pelo funcionamento do mesmo correto? A gearbox é composta por várias partes, são elas: Casco, cilindro, cabeça de cilindro, pistão, cabeça do pistão, nozzle ou air nozzle, mola, guia de mola, contato de gatilho, gatilho, alavanca de corte,placa seletora, trava do gatilho, anti-reverso,um conjunto de três engrenagens, buchas, shimming e tappet plate.

Como o próprio já sugere a gearbox é uma caixa de engrenagens aonde cada peça descrita no parágrafo acima desempenha uma função. Listaremos agora a função de cada uma delas. Para melhor compreensão iremos dividir em grupos:
Grupo 1 ( Cilindro, cabeça de cilindro, pistão, cabeça de pistão, mola, guia de mola, tappet plate e nozzle )

Podemos dizer que estas peças são responsáveis pela parte pneumática da gearbox. Após o acionamento do gatilho, as engrenagens se movem retraindo o pistão que conseguentemente retrai a mola e a liberando em seguida fazendo que o volume de ar contido dentro do cilindro seja expulso por seu único lugar de saída, o air nozzle. Devemos lembrar também que o tappet plate é o responsável pelo recuo do nozzle para que a bolinha entre no hop up.

Grupo 2 (Gatilho, trava de gatilho, placa seletora, engrenagens, buchas, shimming, alavanca de corte, anti-reverso)

O gatilho é responsável por movimentar a parte móvel do contato de gatilho fazendo assim o acionamento elétrico e dando inicio ao movimento das engrenagens. Vamos entender que para que tudo isso funcione em total acordo precisamos falar do shimming. O shimming nada mais é do que mini  arruelas de diversas expessuras que fazem o ajuste de altura das engrenagens em relação as buchas que podem ser fixas ou rolamentadas. Temos três engrenagens, são elas:  Bevel, Spur e Sector.   A sector é a engrenagem responsável por movimentar o pistão e sendo assim a engrenagem de força.   A Spur é a engrenagem base para todas as outras. A bevel é a engrenagem que entra em contato com o anti-reverso e o motor do equipamento. O anti-reverso é uma peça importandissima neste conjunto pois ele é responsável por não deixar o sistema girar ao contrário, evitando assim uma quebra.  Para que o tiro no modo semi funcione de forma exata, temos que observar o funcionando da alavanca de corte pois é ela que interrompe o contato do gatilho “ desarmando “ o sistema. A placa seletora e a trava do gatilho, trabalham em conjunto com o seletor do equipamento, pois ao movimentar o seletor do equipamento para a posição safe, o mesmo empurra a placa seletora para frente fazendo com que a trava do gatilho interrompa o movimento do mesmo.  Quando movimentamos o seletor para a posição SEMI, o mesmo trás a placa seletora para o meio e colocando a alavanca de corte em posição de trabalho. Quando o seletor vai para a posição FULL, a placa seletora recua ainda mais e libera a alavanca de corte para que ela não interfira no movimento da parte móvel do contato do gatilho.

Grupo 3 ( Contato de gatilho, fiação )

O contato de gatilho é o responsável por fazer todo esse sistema  funcionar, o contato de gatilho é dividido em 2 partes principas: Base e contato móvel. A base do contato é aonde será feita a solda da fiação e na base também ficam localizadas as alhetas. Na parte móvel do contato de gatilho, ela é responsável por fazer o sistema fechar o circuito que fará toda gear box funcionar. Ele também tem função conjunta com a alavanca de corte, pois nesta parte móvel existe um ressalto que é exatamente aonde a alavanca de corte faz sua ação de desarme.

 

Espero que tenha gostado do artigo!